Consulta Restituição do Imposto de Renda (IRPF 2020)

Confira como fazer a consulta da restituição do Imposto de Renda, entenda o que é a restituição do IR, saiba mais sobre o pagamento da restituição, sobre os lotes e muito mais.

O imposto de renda conhecido também como imposto sobre o rendimento ou imposto sobre a renda é um tributo da espécie imposto que existe em vários países, onde cada contribuinte, pessoa física ou pessoa jurídica, paga uma determinada porcentagem de sua renda ao governo, nacional ou regional.

Para quem não sabe, a restituição do Imposto de Renda acontece quando a Receita Federal detecta que o contribuinte pagou mais impostos do que realmente deveria. Dessa maneira, ele tem o direito de receber de volta parte do valor. A quantia é devolvida até o mês de dezembro do mesmo ano em que foi declarada.

E, em grande parte das vezes quem paga o Imposto de Rende primeiro também recebe a restituição com maior antecedência. E, nesse ano de 2020, o valor do tributo excedente vai ser entregue de volta aos contribuintes em cinco lotes mensais.

Consulta Restituição do Imposto de Renda

Consulta restituição do imposto de renda 2020

Para fazer a consulta da restituição do imposto de renda de 2020 pelo site é só seguir o passo a passo abaixo:

Agora se deseja fazer a consulta da sua restituição pelo celular, fique sabendo que é muito fácil também fazer isso. Para isso, siga as orientações abaixo:

  • Baixe o aplicativo chamado Pessoa Física em sua Google Play Store ou App Store de seu celular;
  • Depois, abra o aplicativo normalmente e conceda a permissão solicitada para que ele tenha acesso a seus arquivos;
  • Agora escolha a opção Consulta Restituição, digite o número de seu CPF e selecione o ano que deseja, no caso 2020;
  • Toque no ícone da lupa;
  • Pronto, logo depois disso vai ser mostrado o resultado de sua pesquisa em relação a restituição do imposto de renda.

Sobre o pagamento da restituição IRPF

O imposto de renda é um tributo da espécie imposto que existe em muitos países, onde cada contribuinte, seja ele pessoa física ou pessoa jurídica, paga uma determinada porcentagem de sua renda ao governo, regional ou nacional, a depender de cada jurisdição.

O cálculo do tributo tem por base uma nova riqueza produzida pelo contribuinte, seja por fruto de trabalho, capital ou os dois, sobe a qual se aplica uma porcentagem, obedecendo tabela produzida pelo órgão fiscalizador de cada país.

Nesse ano de 2020 a Receita Federal reduziu de sete para cinco o número de lotes de restituição do Imposto de Renda desse ano. Isso quer dizer que quem tem direito de receber o imposto pago de volta, em tese, vai conseguir ter o dinheiro mais cedo.

O primeiro lote foi pago no dia 29 de maio, o segundo no dia 30 de junho, e os outros estão sendo pagos no fim de cada mês até setembro. Antes, os pagamentos se estendiam até o fim de dezembro.

4º e 5º lote da restituição do IRPF

A consulta aos lotes é aberta em torno de uma semana antes da data do pagamento. Para saber se o seu pagamento foi liberado, o contribuinte precisa acessar o site da Receita Federal, como já mostramos o passo a passo acima, utilizando o número do CPF e a data de nascimento para saber se o seu pagamento está ou não no próximo lote. Confira agora o calendário de pagamento desse ano de 2020:

  • Primeiro lote: Dia 29 de maio de 2020
  • Segundo lote: Dia 30 de junho de 2020
  • Terceiro lote: Dia 31 de julho de 2020
  • Quarto lote: Dia 31 de agosto de 2020
  • Quinto lote: Dia 30 de setembro de 2020

No primeiro lote receberam prioritariamente os idosos a partir de 60 anos de idade, professores, desde que o magistério seja sua maior fonte de renda e também pessoas com deficiência. A partir do segundo lote, as liberações seguem a ordem da data de envio da declaração, por isso é interessante pagar sempre antes, para depois se houver restituição receber antes também, não demorar tanto.

Caso o contribuinte precise corrigir alguma informação e entregar uma declaração retificadora, passa a vale a data de envio da retificação. Quer dizer que, ele vai para o fim da fila da restituição.

Nesse ano de 2020 aconteceu uma antecipação do começo da restituição. Também foi reduzido o número de lotes de restituição, de sete para cinco. Agora as pessoas vão receber o dinheiro, irão receber ele de forma mais rápida.

Antes os pagamentos da restituição começavam por meio do mês de junho e acabava só em dezembro, agora o primeiro lote já foi pago em maio e vai acabar no mês de setembro, o que ficou bem melhor para o contribuinte.

Saiba que, se você tem o direito da restituição e o valor não foi creditado, nesse caso é preciso contatar pessoalmente uma agência do Banco do Brasil ou então ligar para a Central de Atendimento nos seguintes números: 4004-0001 para capitais, 0800-729-0001 para demais localidades e 0800-729-0088 para ligações exclusivas para deficientes auditivos.

Agora que você já sabe tudo sobre a restituição do Imposto de Renda, aproveite e consulte para ver se você tem direito e fique atento as datas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui