Consulta IPVA 2021 pela placa

Todos os anos, proprietários de imóveis e de automóveis precisam arcar com uma série de impostos e cobranças, e dentre elas, estão respectivamente o IPTU e o IPVA. 

Se você tem qualquer tipo de veículo, é provável que esteja buscando a Consulta IPVA 2021, e neste artigo, nós lhe ensinaremos a encontrar o valor através da placa do automóvel. A seguir, saiba mais sobre o assunto, e esclareça todas as dúvidas a respeito do tema!

O Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores, popularmente conhecido por sua sigla IPVA, consiste em uma cobrança anual, que surgiu na década de 60 – ou seja, tem mais de 50 anos em nosso país.

O valor pago é revertido para a sociedade, em investimentos de estradas, educação, saúde, e muito mais!

Como consultar IPVA 2021

Consultar IPVA 2021 pode ser uma tarefa muito mais simples do que você pensa, afinal, isso é feito pela internet!

Para tal:

Acesse o site do DETRAN do seu estado (lembre-se que ele deve ser o local em que existe a documentação do veículo);

Informe a placa do automóvel;

Tenha acesso a todos os dados do seu veículo, inclusive o valor do IPVA 2021.

Quando tiver qualquer dificuldade na consulta, você também pode buscar o DETRAN da sua cidade (ou o mais próximo do seu endereço), e aguardar pelo atendimento presencial.

Mas, em geral, o procedimento online é simples, e quase todas as pessoas conseguem fazê-lo sem intercorrências. 

Onde pagar o IPVA

Agora que você já sabe qual o valor do seu IPVA, é provável que esteja se perguntando onde ele pode ser pago, correto?

Atualmente, há 7 bancos credenciados, onde o pagamento pode ser realizado. São eles:

Banco do Brasil;

Itaú;

Santander;

Bradesco;

Sicredi;

Bancoop;

Banco Rendimento.

Para realizar o pagamento, basta ter em mãos o número do RENAVAN do seu veículo. 

Como parcelar o IPVA

Apesar de cada estado criar uma regra diferente, em geral, tem-se que o IPVA pode ser parcelado.

Quando o pagamento total é feito à vista, um desconto costuma ser inserido – o que também varia de estado para estado.

Por exemplo: em São Paulo, os proprietários recebem um desconto de 3% caso queiram pagar a vista, ou têm a possibilidade de parcelar em até 3 vezes.

Sendo assim, é extremamente importante estar de olho nas regras do seu estado!

Isenção do IPVA

Apesar de o imposto ser uma obrigatoriedade a todos os proprietários de veículos, sabe-se que toda regra tem exceções!

Então, quem estaria isento do pagamento?

Veículos que tenham mais de 20 anos de fabricação (ou menos, a depender das regras do seu estado);

Portadores de necessidades especiais (deficiências físicas), que tenham seus veículos registrados como tal;

Veículos de entidades sem fins lucrativos (como colégios e asilos);

Ônibus urbanos, táxis e veículos oficiais.

Para ter a certeza sobre a isenção e/ou valor a ser pago, consulte o IPVA 2021 do seu veículo a partir da placa ou número do RENAVAN.

Só assim é possível afirmar que existe a isenção. Se você tem dúvidas, não corra o risco, visto que o atraso do pagamento acarreta em juros, multas e outras complicações. 

Sobre o IPVA

Todos os anos, donos de automóveis precisam arcar com o IPVA. Mas, fica aquela dúvida de como o valor é calculado!

Em geral, o valor é baseado em quanto o veículo vale (a partir da tabela FIPE), além da alíquota do automóvel em seu estado.

Como o IPVA é de responsabilidade estadual, você deve conhecer o regulamento do local em que se encontra.

Outra dúvida muito comum é quanto ao destino deste imposto – temos certeza de que você já se perguntou em algum momento!

Tem-se que:

50% é destinado ao Estado e ao Distrito Federal;

50% vai para o município em que o veículo foi registrado.

Portanto, o dinheiro acaba retornando a você – indiretamente. Pagar este imposto é um dever, e para evitar juros ou problemas, não deixe que a cobrança passe da data de vencimento.

Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Deixe-as nos comentários, ou ainda, vá pessoalmente até o DETRAN mais próximo!