Consulta INSS pela internet

Saiba como consultar INSS pela internet, entenda o que é INSS, quem tem direito a esse benefício, como faz para se cadastrar, fazer agendamento e muito mais. Fique atento a este post para ficar por dentro de tudo sobre o INSS.

A sigla INSS significa Instituto Nacional do Seguro Social, e é uma autarquia do Governo do Brasil vinculada ao Ministério da Economia que recebe as contribuições para a manutenção do Regime Geral da Previdência Social.

O que é o INSS? O Instituto Nacional do Seguro Social mais conhecido como INSS é o órgão responsável pelo pagamento da aposentadoria, pensão e demais benefícios aos trabalhadores brasileiros, com exceção de servidores públicos.

Para ter direito ao benefício, o trabalhador precisa pagar uma contribuição todo mês durante um determinado tempo ao INSS, variando de acordo com o tipo de aposentadoria. O INSS é responsável pelo pagamento de aposentadorias, pensão por morte, auxílio doença, salário-maternidade, auxílio reclusão, auxílio acidente e outros benefícios.

Consulta INSS pela internet

Como consultar INSS pela internet

Agora vamos mostrar como consultar INSS pela internet de um jeito muito prático e simples, confira:

  • Para começar entre na página oficial do INSS clicando aqui;
  • Agora, toque na opção Acompanhar Pedido;
  • Com isso, você vai ser direcionado para outra página, chamada Meu INSS;
  • Nesse momento será necessário informar os dados que for solicitados, como nome completo, CPF, data de nascimento e outros;
  • Toque em Continuar em login, para verificar a situação do seu benefício;
  • E pronto, é bem simples fazer a consulta do seu INSS.

Por meio desse passo a passo que mostramos acima tem como consultar o seu INSS de forma rápida e prática só usando a internet, mas também se preferir tem como consultar por meio da central de atendimento ligando no número 135.

Quem tem direito ao INSS

Fique atento que agora vamos mostrar quem tem direito ao INSS, e se você tiver direito é bom que você já fique sabendo para fazer a consulta igual mostramos acima e verificar tudo sobre.

Quem tem direito ao INSS são segurados da Previdência Social, acima de 16 anos de idade, ou seus procuradores, tutores ou representantes legais. E, para receber o benefício é só comparecer presencialmente ao canais de atendimento da Caixa com documento oficial de identificação com foto e o cartão magnético da Previdência Social e digitar a sua senha.

É muito importante ressaltar que o cartão é pessoal e intransferível, cabendo ao titular zelar por sua guarda e bom uso para evitar fraudes.

Como se cadastrar no INSS

Vamos mostrar agora como se filiar ao Regime Geral da Previdência Social para garantir seu seguro social. Quando o cidadão contribui, ele passa a ter direito de receber à aposentadoria, e também outros benefícios que tem o intuito de assegurar o bem-estar dos trabalhadores e de suas famílias, quando eles mais precisam, como salário maternidade, auxílio-doença e pensão por morte.

Inscrição é a possibilidade que o cidadão tem de se cadastrar junto ao INSS e obter o seu NIT que é o Número de Inscrição do Trabalhador. Lembrando que quem já tem número de PIS, PASEP ou NIS, não é preciso fazer a inscrição, é só usar este número junto à Previdência Social.

E, a inscrição no INSS pode ser realizada na condição de filiado ou não filiado. Filiado é quem quer contribuir para o INSS, de forma obrigatória ou por opção (como contribuinte facultativo). A idade mínima para a filiação é 16 anos de idade.

Já o não filiado pode ser pessoas com menos de 16 anos de idade, ou todos aqueles que precisam se inscrever na Previdência, sem necessariamente contribuir, como beneficiários, curadores, tutores, e outros.

Caso você seja um novo contribuinte (filiado), é só fazer a sua inscrição clicando aqui. E, se a inscrição for para uma pessoa não contribuinte (não filiado), por exemplo crianças ou procuradores, é necessário ir pessoalmente a uma agência, nesse caso não tem que fazer agendamento.

Para conseguir fazer a sua inscrição na previdência social o primeiro requisito é não ter outra inscrição em programas do governo, como PIS, PASEP e NIS. Se for fazer inscrição na condição filiado é preciso ter no mínimo 16 anos de idade, e é necessário informar uma das categorias de segurado: contribuinte individual, segurado especial, facultativo ou empregado doméstico.

E também é preciso informar a atividade exercida de acordo com a lista disponibilizada. Mesmo que seja na condição de facultativo, é preciso que o cidadão informe o campo de atividade, como por exemplo: Dona de casa.

Se a condição for não filiado não existe idade mínima, e é preciso informar uma categoria dentre as opções de dependente para fins de recebimento do benefício, representante legal, procurador ou componente do grupo familiar para benefícios do tipo BPC – LOAS.

Para as inscrições feitas pela internet ou pelo telefone 135, não é preciso enviar qualquer documento ao INSS, você só vai precisar informar os seus dados de forma correta para gerar o número de inscrição.

Além disso, é importante ressaltar que é proibido fazer o procedimento de inscrição a partir da data em que o cidadão morreu. E, se tiver esta necessidade, o interessado precisará comparecer presencialmente a agência do INSS mais próxima da sua casa.

E, caso já tenha uma inscrição no PIS, PASEP, NIS ou NIT, porém não se lembra qual é o número, então acesse o formulário de inscrição e preencha os dados obrigatórios que são os que possuem asteríscos. E, caso o sistema detecte uma inscrição existente ela vai ser mostrada na tela.

E, os dados digitados possuem caráter declaratório, ficando resguardado ao INSS o direito de solicitar a comprovação das informações sempre que tiver necessidade. E, para acompanhar a inscrição do INSS, saiba que é possível fazer isso pelo aplicativo Meu INSS, que por meio dele tem como acessar dados previdenciários e trabalhistas, agendar requerimentos de benefícios, simular tempo de contribuição e muito mais.

Agendamento INSS

Nos dias de hoje todos os serviços do INSS já podem ser pedidos e realizados a distância de um jeito muito simples. Para isso, o cidadão só precisa acessar o aplicativo ou site Meu INSS, ou então ligar no número 135 e fazer a solicitação, acompanhar o andamento do pedido e até mesmo recorrer se não concordar com a decisão do INSS.

Porém, alguns serviços ainda necessitam de agendamento para ir até uma agência do INSS ser atendido, como Perícia Médica e Prova de Vida por exemplo. E, também, no caso de necessidade de cumprimento de alguma exigência, ou seja, apresentação de documentos complementares.

E, nesses casos que é necessário ir presencialmente em uma agência do INSS, você pode agendar a sua ida por meio do aplicativo Meu INSS ou então ligando no número de telefone 135.

O portal Meu INSS possibilita uma ótima vantagem, já que se você agendar a sua visita no INSS, você não vai precisar enfrentar as longas filas que tem e irá ganhar tempo fazendo esse agendamento.

Portanto, caso precise de algum serviço no INSS que só pode ser resolvido de maneira presencial, então não se esqueça de antes agendar a sua ida pelo aplicativo Meu INSS ou então ligando no número 135, pois dessa maneira você vai evitar longas filas, chegando lá será atendido de forma rápida e ainda vai economizar tempo, que gastaria esperando caso não tivesse agendado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui