Consulta FGTS pelo CPF

Veja como fazer consulta FGTS pelo CPF e também saiba quem tem direito a esse benefício, confira qual é o valor e muito mais. Fique atento para ficar por dentro de tudo sobre o FGTS.

FGTS é a sigla de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, que nada mais é que um benefício que foi criado com o intuito de proteger o trabalhador que foi demitido sem justa causa.

Todo trabalhador brasileiro com contrato de trabalho formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tem direito ao FGTS. E, também, trabalhadores domésticos, temporários, rurais, avulsos, intermitentes, safreiros e atletas profissionais.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço mais conhecido pela sigla FGTS foi criado com o intuito de proteger o trabalhador que foi demitido sem justa causa, por meio da abertura de uma conta vinculada ao contrato de trabalho.

No começo de casa mês, os patrões depositam em contas abertas na Caixa Econômica Federal, em nome dos empregados, o valor que corresponde a 8% do salário de cada funcionário.

O FGTS é formado pelo total desses depósitos mensais e os valores são dos empregados, que, em algumas situações, podem sacar o valor total depositado em sua conta.

O valor do FGTS corresponde a 8% do salário bruto pago ao trabalhador. Para os contratos de trabalho de aprendizagem, o percentual é de apenas 2%.

Já em caso de trabalhador doméstico, o valor é correspondente a 11,2% sendo 8% a título de depósito mensal e 3,2% a título de antecipação do recolhimento rescisório. Lembrando que o FGTS não é descontado do salário, pois é uma obrigação do empregador.

É possível consultar o FGTS pelo CPF de duas formas, a primeira é por meio do site da Caixa Econômica Federal e a segunda por meio do aplicativo FGTS.

Para isso, primeiro é preciso fazer o seu cadastro, e depois quando for acessar o seu FGTS é só usar o número do seu CPF que você consegue ter todas as informações necessárias sobre esse benefício na palma da mão.

Além de ser possível consultar o FGTS pelo site da Caixa e pelo aplicativo do FGTS, a Caixa também disponibiliza o serviço de envio de mensagens via SMS para o trabalhador consultar sobre a regularidade dos depósitos e saldos do FGTS.

Para fazer o cadastro é bem simples, e é possível receber informações mensais sobre os depósitos feitos pelo empregador e semestrais sobre o saldo atualizado do Fundo de Garantia. Além disso, o trabalhador também é informado quando houver valores liberados para saque.

O saque-aniversário do FGTS em 2023 já está com o calendário disponível, e por meio dele tem como ter uma previsão de quando o trabalhador pode receber esse benefício.

Mas, é importante ressaltar que quem opta por sacar o dinheiro do saque-aniversário perde direito ao FGTS em casos de demissão. Por isso, caso opte pelo saque-aniversário e seja demitido, terá direito apenas ao saque da multa rescisória.