Consulta Cadastro Único 2020

Veja agora como consultar Cadastro Únido, como faz para se cadastrar, quais são os requisitos, documentos necessários para fazer o cadastro, benefícios do CadÚnico, confira mais sobre outros benefícios do governo e muito mais.

O Cadastro Único é um registro para o governo identificar as famílias de baixa renda que existe no Brasil. Por esse instrumento é possível que o governo tenha acesso a informações como a identificação de cada pessoa, residência, escolaridade, situação de trabalho e para que ele utilize esses dados para seleção e inclusão das famílias em programas sociais do Governo Federal.

Entre os benefícios que exigem o Cadastro Único, estão: o Programa Bolsa Família, Programa Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e vários outros. De acordo com o Governo Federal, 51,4 milhões de pessoas estão inscritas no CadÚnico.

Para conferir se você está inscrito no CadÚnico, saiba que a consulta pode ser realizada pelo site do Ministério do Desenvolvimento Social em “Consulta Cidadão Cadastro Único”, para isso é só preencher o nome completo, data de nascimento e nome da mãe para consultar.

Consulta Cadastro Único

Como consultar Cadastro Único – CadÚnico

A consulta também pode ser realizada pelo aplicativo de celular chamado Meu CadÚnico que está disponível na Play Store e Apple Store, ou também por telefone ligando no número: 0800 707 2003, a ligação é grátis e o atendimento é de segunda a sexta das 7 às 19h e em finais de semana e feriados é das 10h às 16h.

Uma das melhores maneiras de consultar o CadÚnico é pelo aplicativo Meu CadÚnico, pois por meio dele é possível verificar o Número de Identificação Social o NIS, emitir comprovante de cadastramento e conferir informações sobre a família.

E, caso o cidadão precise emitir o comprovante do CadÚnico saiba que é possível fazer isso pela internet, no site Consulta Cidadão Cadastro Único, pelo celular usando o aplicativo ou de maneira presencial indo até a prefeitura.

Como se cadastrar no Cadastro Único

O município faz visitas domiciliares às famílias de baixar renda de forma periódica para fazer o cadastramento no Cadastro Único. Mas, a família que se enquadra nos requisitos e ainda não está inscrita no Cadastro Único, deve procurar o CRAS da sua cidade que é o Centro de Referência em Assistência Social ou a prefeitura e pedir para que realize o cadastro.

Para que a família possa ser cadastrada, é muito importante ter uma pessoa responsável pela família para responder às perguntas do cadastro, essa pessoa precisa fazer parte da família, residir na mesma casa e ter pelo menos 16 anos de idade.

Para o responsável da família, de preferência que seja mulher, é preciso apresentar o CPF ou o Título de Eleitor. Mas, no caso de responsável por famílias indígenas e quilombolas, pode ser mostrado outros documentos, não precisa ser o Título de Eleitor ou CPF.

Requisitos para se cadastrar

O Cadastro Único é um conjunto de informações sobre as famílias do Brasil em situação de pobreza e extrema pobreza. Esses dados são utilizados pelo Governo Federal, pelos Estados e pelos municípios para implementação de políticas públicas capazes de promover a melhoria da vida dessas famílias.

Para se cadastrar no Cadastro Único é necessário ser de baixa renda, pode se inscrever cidadãos que ganham até meio salário mínimo por pessoa, ou então que ganham até três salários mínimos de renda mensal total da família.

Documentos necessários para cadastro

Para se cadastrar no Cadastro Único é necessário apresentar pelo menos um documento de todos os membros da família que pode ser: Certidão de Nascimento, CPF, Certidão de Casamento, Carteira de Identidade (RG), Carteira de Trabalho, Título de Eleitor ou Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI).

É importante também levar um comprovante de endereço, que pode ser uma conta de luz ou de água. E, lembrando que depois do cadastramento da família, é necessário manter sempre os dados atualizados.

Por isso, sempre que mudar algo na família como mudança de endereço, nascimento de um filho, mudança de trabalho, quando alguém deixa de morar na residência, o responsável da família deve procurar o CRAS da cidade e fazer a atualização dos dados.

Benefícios do CadÚnico

Desde o ano de 2003 o Cadastro Único, conhecido também como CadÚnico se tornou a principal ferramenta de dados dos cidadãos de baixa renda do Brasil. Esse instrumento de cadastramento tem o objetivo de selecionar beneficiários para participarem de programas federais, sendo usado de forma obrigatória para a concessão dos programas que vamos listas a seguir:

  • Bolsa Família;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Brasil Carinhoso;
  • Minha Casa, Minha Vida;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI;
  • Bolsa Verde – Programa de Apoio à Conservação Ambiental;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Carta Social;
  • Auxílio Emergencial;
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos;
  • Passe Livre para pessoas com deficiência;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica.

O Cadastro Único pode ser utilizado para a seleção de pessoas beneficiárias de programas oferecidos pelos governos estaduais e municipais que precisam de comprovação de baixa renda. Dessa maneira, o cadastramento pode ser considerada uma oportunidade para as famílias que necessitam de políticas públicas.

O CadÚnico é de responsabilidade compartilhada federal, municipal e do Distrito Federal. Em relação a nível federal, o MDS que é o Ministério do Desenvolvimento Social é o gestor responsável pelo gerenciamento do cadastro, e a Caixa Econômica Federal é o agente operador que mantém o Sistema de Cadastro Único e faz os pagamentos os programas de incentivo social.

Telefone para tirar dúvidas

Qualquer dúvida relacionada ao Cadastro Único pode ser tirada ligando para o telefone: 0800 707 2003. Ou se preferir você pode ir presencialmente até o CRAS da sua cidade ou então na prefeitura.

Mas, a melhor maneira de tirar dúvidas sobre o Cadastro Único é ligando no telefone já mostrado, até porque é muito mais fácil, o atendimento é bem rápido e a ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer lugar do país.

Sobre outros benefícios do Governo

Vários programas e benefícios sociais do Governo Federal utilizam o Cadastro Único como base para a seleção das famílias, entre eles estão: Programa Bolsa Família, Programa Minha Casa Minha Vida, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI e muitos outros.

Os estados e municípios também utilizam os dados do Cadastro Único como base para seus programas sociais. Portanto, se você se enquadra nos requisitos que já citamos para participar do CadÚnico e precisa receber auxílio do governo, então se cadastre imediatamente para receber os benefícios.

Os benefícios do Governo que são mais conhecidos são o Bolsa Família e o Programa Minha Casa, Minha Vida. O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, feito para famílias que vivem em situação de pobreza, esse programa ajuda as famílias terem direito à alimentação, acesso à educação e à saúde.

Já o programa Minha Casa, Minha Vida beneficia famílias que possui baixa renda, e tem o sonho de ter sua casa própria, esse programa oferece subsídios e taxas de juros mais baixas.

Agências para tirar dúvidas

Para tirar dúvidas sobre o Cadastro Único é só se dirigir até o CRAS da sua cidade ou então na prefeitura. Além disso, também é possível tirar dúvidas através do telefone 0800 como já mostramos acima.

2 COMENTÁRIOS

  1. Quero saber se preciso ir ao cras, fazer esse cadÚnico, estava recebendo o auxílio emergencial e pagano o inas, mas qdo fui a caixa, meu auxílio está marcado para o dia 10/09? Fiquei sem renda, infelizmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui